quarta-feira, 8 de julho de 2015

Onde nasci

"Como estou longe do céu onde nasci.
Uma imensa nostalgia me invade o pensamento.
Agora que estou tão só e triste, qual folha ao vento,

às vezes quero chorar, às vezes quero rir de saudade"

Nenhum comentário:

Postar um comentário